terça-feira, 5 de maio de 2009

"Deus o abeçoe!"

Um título diferente dos anteriores. Um título religioso. Será que hoje é o dia que irei pregar contra a igreja Y, a igreja X, o templo H? Não...nada disso...
A razão para este título é bem mais simples e para mim, muito mais significativa. Hoje me ocorreu algo engraçado, estava para em um semáforo, ia buscar minha namorada, auxilia-la, quando ao longe vi um homem vendendo flanela para carro e estopa. Geralmente finjo nem tomar ciência da existência deles para não ficarem tentando vender a pulso aqueles objetos, mas hoje, justo hoje, no dia 04 de maio de 2009 eu decidi que ia comprar uma flanela.
Chamei o senhor e pergunte quanto era, ele me deu o preço e comprei duas. Nesse momento, em que ao invés de uma pedi duas ele pareceu surpreso, mas feliz. Peguei as flanelas, paguei e o homem começou a me agradecer. Já ia afastado do carro quando falou "Deus o abençoe!". A verdade na voz daquele homem, naquele instante me comoveu.
Não foi aquela vírgula utilizada no dia a dia "Deus te abençoe!", não...não foi...Naquele momento, aquele estranho realmente pediu a Deus para que ele me abençoasse, foi um pedido de coração.
Foi uma benção, uma benção poderosíssima. Benção que padre algum tem, benção que nenhum sarcedote possui, foi uma benção de gratidão, uma benção, uma oração curta, rápida mas verdadeira. Uma frase tão curta, mas tão profunda, capaz de tocar o recanto mais profundo da alma. Uma frase que significa tão pouco e tanto...
Bom...acho que já filosofei demais
Abraço aos meus queridos leitores e que "Deus os abençoe!!"

Nenhum comentário: