quinta-feira, 10 de março de 2011

Cadê a Vigilância Sanitária?

CARNAVAL!
Festa, folia, muita brincadeira, muita dança. O folião fica com sede, fome e acaba indo comer nas barraquinhas.
Os que tem sorte, comem e nada sentem, mas basta ser um pouco menos sortudo para pegar um dos milhares de espetinhos requentados, mal acondicionados, uma carne de charque com macaxeira embedida em tanto óleo acumulado na chapa que daria para fritar uma batata.
Fica a pergunta, onde estava a vigilância sanitária que tanto cobra, será que seus fiscais estavam caindo no embalo do frevo? Será que estavam fora do Recife?
O trabalho deveria ser permanente, afinal, este é um dos grandes atrativos turísticos de Pernambuco, o carnaval, e o que acontece quando um turista pega infecção intestinal? Será que ele vai querer voltar?
Ainda não se conseguiu resolver o problema dos alimentos e bebidas no carnaval.
Este que vos fala recomenda que façam como eu, comam amendoim TORRADO, é o menos perigoso de todos.

Ainda terão mais posts sobre o carnaval, acreditem ou não com elogios!

Aqui é Elrond Bruno dizendo: “Não tente fazer, faça ou não faça.”

Um comentário:

Rodrigo Vodu disse...

Como pude ter me esquecido dessa frase, mestre Yoda falando pra Luke tentar levantar a nave...Star Wars V: O Império Contra-Ataca.