sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Ainda Acerca da Ditadura!

Apesar De Você


Chico Buarque

Amanhã vai ser outro dia

Hoje você é quem manda

Falou, tá falado

Não tem discussão, não

A minha gente hoje anda

Falando de lado e olhando pro chão

Viu?

Você que inventou esse Estado

Inventou de inventar

Toda escuridão

Você que inventou o pecado

Esqueceu-se de inventar o perdão



Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia

Eu pergunto a você onde vai se esconder

Da enorme euforia?

Como vai proibir

Quando o galo insistir em cantar?

Água nova brotando

E a gente se amando sem parar



Quando chegar o momento

Esse meu sofrimento

Vou cobrar com juros. Juro!

Todo esse amor reprimido

Esse grito contido

Esse samba no escuro



Você que inventou a tristeza

Ora tenha a fineza

De "desinventar"

Você vai pagar, e é dobrado

Cada lágrima rolada

Nesse meu penar



Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia

Ainda pago pra ver

O jardim florescer

Qual você não queria



Você vai se amargar

Vendo o dia raiar

Sem lhe pedir licença



E eu vou morrer de rir

E esse dia há de vir

Antes do que você pensa

Apesar de você



Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia

Você vai ter que ver

A manhã renascer

E esbanjar poesia



Como vai se explicar

Vendo o céu clarear, de repente

Impunemente?

Como vai abafar

Nosso coro a cantar

Na sua frente

Apesar de você



Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia

Você vai se dar mal, etc e tal

La, laiá, la laiá, la laiá


O post de hoje é uma música de Chico Buarque, uma música que nos dá uma idéia de como se vivia naquela época, uma música que vem recheada de metáforas que faz com que os alunos e professores de Letras passem uma vida se debruçando na letra e ainda achando pontos novos.
O principal, ponto de vista, que foi inclusive uma razão de censura para música é que esse a quem Chico tanto se refere é ao exército. É a ditadura.
Para aqueles que não viveram, para aqueles que ainda não sabem do que estou falando, recomendo que se vá atrás. Você que leu esse blog por acaso, estava passando leu e pensou, do que ele está falando, recomendo seriamente uma pesquisa mais profunda. Busque, observe, chega de censura velada, vamos tirar o véu posto para nos manter nessa eterna ignorância. Chega de vivermos nas trevas do não saber, do nos escondermos na ignorância, de ouvirmos por aí pessoas novas e até com instrução falar que queria a ditadura pois o país era melhor.
Está na hora da população entender o que aconteceu no seu próprio país.

Aqui é Elrond Bruno na campanha "Ensisem sobre a ditadura nas escolas!"

Nenhum comentário: