terça-feira, 11 de outubro de 2011

Discordo do Exame da OAB nos Moldes em que hoje se encontram.

    Eu já tentei compreender de toda maneira esse exame da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil. Esse exame de admissão que hoje assemelha-se muito a um concurso público, sem limites de vaga mas que permanece reprovando tanto quanto qualquer concurso.

    
    A pergunta inicial do leitor deve ser, O QUE VOCÊ NÃO ENTENDE?

    A resposta é complexa...Eu não o entendo por inteiro...A idéia é ver se a pessoa tem condições de ser advogado, msa não fazem questões para verificar isso...pelo contrarário, fazem pegadinhas para derrubar o candidato? NÃO HÁ VAGAS...POR QUE DIABOS DERRUBAR CANDIDATOS? A idéia do exame é saber se o bacharel absorveu o conhecimento mínimo necessário para que o mesmo seja advogado, e por que esse massacre? Não vemos isso no CRM, CRO, CREA....Será que é porque esse modo como vem sendo feito gera uma boa renda para OAB?

     Falando em renda...o valor do exame é R$200,00 para dois dias de prova e em geral o prédio onde o exame é realizado é cedido. Façamos um paradigma o concurso para Juiz de Direito de Pernambuco, em Pernambuco o valor da inscrição foi por volta de R$175,00; o concurso para Juiz compreende fase objetiva, fase discursiva, dois dias fazendo sentença, civil e penal e fase oral...fora a prova de títulos...ou seja são 5 dias de prova por R$175,00...Se você for aprovado você ganha um Subsídio bem rezoável. Mais de R$10.000,00. Agora vejamos a OAB, R$200,00 para fase objetiva e discursiva mais peça...ou seja 2 dias. POR R$200,00. Se aprovado você paga a anuidade...e se vira para trabalhar e tentar ganhar teu dinheiro...Para fazer o juramento tem de pagar a anuidade....ou seja...eu pago caro para uma prova que no fim eu vou ter que pagar mais????

     Realmente não concordo com os moldes que o exame da Ordem vem sendo feito, o rumo que ele passou a tomar. Não acho que esse exame é algo aceitável.

     Esse exame não é algo que nos faça ter bons advogados, na verdade esse exame só nos faz ter raiva. O bacharel é submetido a algo que não condiz em nada com a realidade vivida. É um exame fraco, sem conexão com o mundo real.





Aqui é Elrond Bruno perguntando quando é que se terá respeito para com os futuros advogados...A OAB não se importa com os futuros advogados, não se importa com os antigos, a Ordem negligência seus credenciados e só olha para os seus bolsos.

Nenhum comentário: