terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Mais críticas a (falta de) estrutura turística em recife!

Minha crítica é simples, amo minha cidade, acho-a a mais bela do mundo, mas em conjunto com isso temos um grupo de empresários que não tem a menor noção do que é fazer turismo. Donos de Hotéis que na sua maximização dos lucros esquece do básico, o turista só virá se tiver o que ver.
Quer dizer, será que esquecem? Ou será que atuam também nessas empresas de pacotes que levam as pessoas para os lugares com os passeios já marcados, onde os guias já tem sua pequena comissão. Assim, ao invés de fazer o Estado crescer eles crescem somente a si mesmos.
O que precisamos fazer? Simples, prefeitos precisam parar de fazer pantim e chorar migalha e começar a trabalhar, investir na cidade, investir no turismo, fortalecer o comércio em geral. 
Investir no mercado local, no passeio turístico do próprio recifense. Já cansei de ouvir que não tem programa bom para família ao domingos, a não ser praia e zoológico. E o jardim botânico? E o campus da Federal?  o Campus da Federal Rural? E os Museus? Praças? Pontos Históricos?
Vamos piorar a situação, no caso acima eu sou recifense, falo português e sei mais ou menos as coisas por aqui, agora e no caso do estrangeiro? E aquele estrangeiro que veio sem tour? Como ele chegará nos pontos turísticos? O pessoal não fala inglês, o máximo que aprenderem foi "Five Dollar" e com sotaque...ou "Ten dollar"!
Onde estão os ônibus que fazem linhas turísticas fornecidos pelo próprio município? Ônibus com pessoal capacitado, com um Inglês básico para ensinar as cosa básicas, que leve aos pontos básicos...
Mas sairia muito caro... o de Curitiba é R$25,00...5 passes, você perde logo um para entrar, vendidos no próprio ônibus. Quer saber, paguei, andei e achei barato, e aqui, porque não?
Por que o prefeito é fraco? Por que a prefeitura é demagoga e não tenta trazer investimentos? Por que a prefeitura chegou a trazer shows como Sandy & Junior na época que ainda estavam juntos, Gabriel: O Pensador, Paralamas...Tudo de Graça para o Povo, e a custo do dinheiro da prefeitura. Não sou contra os artistas, mas sou contra a prefeitura não investir em turismo a longo prazo, mas gastar rios de dinheiro em coisas efêmeras.
Sou contra essa forma de governar que vem desde de Roma na política do "panis et circenses" (pão e circo). Inegável o que foi feito pela vida nos morros, no trabalho de prevenção de acidentes, reduzindo os números de mortos significativamente nos invernos da capital pernambucana. Porém, e empregos para dar dignidade ao trabalhador?
Sabe quantos empregos diretos e indiretos esse projeto poderia gerar? Desde o Estudo para ver quais seriam os pontos que os ônibus passariam, na minha opinião desde o Zoológico ao Dona Lindu, passando pelo Museu do Homem do Nordeste, Museu do Estado, Morro da Conceição, Centro do Recife, Leia-se Palácios, Santa Isabel, Praça da República, marco zero, porto do Recife, (revitalizava e fazia algo) Cais José Estelita, Dona Lindu, Pracinha de Boa Viagem, ou até mesmo começar na verdade no Instituto Brennand, próximo a UFPE.

Bom enfim, sinto falta de uma organização maior no sentido turístico. A Copa de 2014 se aproxima e o que nós iremos mostrar para os turistas? Desorganização? Ruas esburacadas? Incompetência? Espero por um prefeito que traga Recife para o posto que merece.

Aqui é Elrond Bruno sonhando com um futuro promissor para Recife!

Nenhum comentário: