quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Trânsito no Recife: Um desafio para qualquer meste Zen!

Pois é meus amigos e caros leitores, descobri o porquê os mestres zen budistas não dirigem. Quer saber a resposta? Pois bem, se eles dirigissem JAMAIS alcançariam o estágio ZEN!
Como me recuso a acreditar que isso é só no Recife eu entendo que na verdade TODOS os países tem seus calos no trânsito. Impressionante que sempre tem um cidadão que não observa o semáforo. O semáforo lhe dá passagem, você sabe que aquele em particular é bem rápido, e o que o carro da frente faz? NADA, ele NÃO ANDA! A vontade é descer do carro e encher ele de porrada, mas aí você perderia mais tempo, não vale a pena. Segue, tem outro lerdo que além de lerdo ocupa duas faixas dirigindo no meio de ambas, atrapalhando tudo! E quem nunca teve um camarada andando a 10km/h na faixa de trânsito rápido?
Engraçado que esses casos também são passíveis de multa, mas quem é o guarda que multa?
Em contra partida temos pessoas que não deveriam mais dirigir e que ainda estão no volante. Sem falar dos delinquentes que adentram na contra-mão e seguem como se donos da rua fossem.
Chega disso. Não há como ser zen, não há como ser calmo se ninguém é educado. Parece que o mundo das pessoas dentro dos carros é mais importante que a dos outros.
Citando o post anterior, são pais que deixam os carros de qualquer forma na rua para deixar os filhos. São carros que depois de deixar os filhos querem entrar de qualquer forma no trânsito! Será possível que ninguém pode ser educado?
Quando você deixa uma pessoa passar o outro enfia o carro de vez, nem ao menos pede. Quer dizer, poucos pedem a vez, e quando pedem, como aconteceu hoje comigo, são negados, fechados, vendo que se pode passar...o cidadão me fechou e virou o rosto para não olhar, VENDO que tinha feito algo errado, é RIDÍCULO. Onde vamos assim? Estamos esquecendo de nos colocar no lugar do outro. Se a outra pessoa é educada pensa-se logo, que mané? Se o cidadão devolve uma mala cheia de dinheiro o pessoal pensa, "que otário eu tinha ficado pra mim!", é assim que criamos os próximos humanos? O Egito tem mostrado a que leva a barbárie, 74 mortos, por causa de UM JOGO de futebol. 
É assim que queremos seguir? Por que estou dizendo isso? Porque devemos começar do menor, se damos passagem a alguém, respeitamos a lei de trânsito, vamos nos conscientizando que somos diferentes dos seres irracionais, isso vai nos dando pontos positivos. Começaremos a mostrar para as crianças que o bom é ser educado e honesto. 
Já ouvi dizer, TOLO quem se elege e não rouba. Pois eu digo, TOLO que diz algo assim. Enquanto estivermos presos a esses pensamentos provincianos iremos sofrer sempre como países do segundo mundo, não monetariamente e não digo que seremos sempre, mas enquanto nosso povo não aprender a ser politizado, enquanto não houver uma política educacional da Constituição Federal e das Constituições Estaduais nas escolas, enquanto não entendermos o que É ser CIDADÃO, seremos provincianos e ignóbeis! 

Aqui é Elrond Bruno uma voz sozinha clamando por um país mais cidadão!

Nenhum comentário: