sexta-feira, 23 de março de 2012

Pensamentos Soltos!

Estava ontem no shopping conversando com minha digníssima namorada, enquanto eu lanchava e ela roubava meu Guaraná (Namoro tem dessas coisas), mas o engraçado não é isso, o engraçado era o tema. Começamos a falar sobre a pós dela. Ela é apaixonada por literatura Inglesa, mas especificamente Shakespeare. Então começamos a travar um debate, ela defendendo que Shakespeare era um autor que via muito a frente de sua época. E eu do meu lado afirmando que o problema não que Shakespeare era um visionário, o problema é que a humanidade é burra e os problemas de hoje ainda são os mesmos de séculos atrás.
Disso entrei em Karl Marx, na luta de classes, ela falou que Shakespeare falava disso, então eu disse que ele retratou a luta de classes e que Marx a estudou. Afirmei ainda que o motivo que faz com que Marx ainda seja atual é o mesmo que faz com que Shakespeare seja contemporâneo, os problemas de hoje ainda são os mesmos daquela época, tem sempre uma classe dominando e uma classe dominada, isso causa revolta e insurreição, e as mudanças.


O que isso tem haver? Nada....só que estava me rindo na conversa dos namorados num shopping. Discutir filosofia Marxista encontrando traços esboçados no trabalho de Marx em peças Shakespearianas. 
Aí quando chego hoje tem o comentário do anônimo no post anterior falando da diversidade dos meus Posts. (ainda não sei se foi elogio ou crítica, hehehe) Bem realmente...não sigo exatamente uma linha muito cronológica ou assuntos determinados...esse blog que iniciou com um meio de me comunicar com uma Ex que viajou, (na época que criei era atual). Depois virou lugar para que eu pusesse poesias, depois reformulei e resolvi fazer como um local onde posso expressar de forma livre minha opinião. Sem amarras, sem censuras, apenas minha opinião. 
Os assuntos que surgem do nada em minha mente e não tenho na hora com quem discutir, ou simplesmente não dou a mínima para o que os outros pensam a respeito, é minha opinião e ponto, tudo isso eu jogo aqui. Dá para enxergar certa evolução nos posts...dá para ver o humor que estou em alguns. Uso este Blog para por o que eu quero e nem aí...Já no blog www.pretoboys.blogspot.com é só para rir...só para me divertir desopilar e  soltar meu lado humorista com piadas e frases que acho interessantes.
No fim esse blog serve para que eu expresse minha indignação, para que eu dê uma opinião e para quem quiser ler. Não me vejo como um grande Blogueiro, não sou tão visitado, nem me sinto fazendo "a diferença", apenas escrevo o que acho, o que gosto e penso. No fim este post é apenas mais um monte de pensamentos soltos e desconexos que um post em si. 
Acho que tudo que esse post quer dizer é...NADA!
Pois nobre Leitor, acho que você leu até agora para descobrir que posso passar um bocado de linhas falando sobre nada e chegando a lugar algum...É...Pelo visto posso até me tornar um político, a habilidade de enrolar por alguns momentos já possuo, só preciso aumentar a Skill e transformar linhas em horas....vou precisar de muito XP pra isso.
Mas voltando ao tema do NADA...o que eu queria dizer neste post é que as vezes discussões banais, sobre um tema que nem imaginamos pode até mesmo gerar um tema para um tese de doutorado. Já pensou numa tese pelo que eu falei até agora? NÃO?
Pois eu tenho uma tese que seria a convergência da área de Letras e Filosofia. "Aplicação da Teoria das Classes e das Lutas das Classes de Marx em (Macabeth ou Rei Leah ou Romeu e Julieta ou Sonho de uma noite de verão ou toda a obra) de William Shakespeare"
Acharam interessante? Eu também. Da onde veio essa ideia? SEI LÁ!  Surgiu na minha mente! É assim em meio a essa tempestade caótica de ideias que esse Blog é feito.

Aqui é Elrond Bruno pedindo que se alguém utilizar esse tema ao menos me cite com inspiração! Me manda um para o pretoboys@gmail.com que eu mando os dados para por nos agradecimentos da monografia! hehe

2 comentários:

Anônimo disse...

Hehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehe...
foi elogio! Legal ter essas conversas inusitadas, durante a semana e com alguém que você gosta. Quebra a rotina.
Poxa colega, já que você tocou no assunto eu vou comentar: eu já tinha lido esses teus posts de Ledinha e confesso... foi triste!!! Hehehehehehehehe Não quero te ofender Bruno mas eu ri muito com aqueles posts! Lendo tudo aquilo, parecia que vc tava super afim dela e ela nem tchum pra tu. Era um tal de “Volta logo Ledinha” e Ledinha NADA!
E viva a fase atual: tanto no blog quanto na namorada que curte Shakespeare!
Não tenho dúvidas que naquela época só era tu e Ledinha que liam o blog =D

Aqui é Anônimo dizendo que esse post são pensamentos soltos traduzidos em palavras, pra que você possa entender o que eu também não entendo! heheheheehehe

Má OêÊêÊ... qual é a música?

Duda disse...

O que eu quis dizer quanto a Shakespeare, não era exatamente que ele era um visionário, apenas que ele tava num momento histórico de transição para o capitalismo e o iluminismo. Ou seja, ele tava numa época onde as pessoas eram " viciadas em poder" e ao mesmo tempo com idéias revolucionárias. Ou seja, como você disse, os mesmos problemas ( ou quase os mesmos) de hoje. Shakespeare fazia uma denunciava uma sociedade de "vícios" que até hoje, nesse ponto, é a mesma.

Quem disse que namorados não podem ter conversas filosóficas? hehehehe!