sexta-feira, 16 de março de 2012

Tradição!

Ainda no rumo dos posts reflexivos, este post é para pensarmos em algo menor, mais simples...tradições...Que tradições? Querem um exemplo? Deixa eu ajudar: "Não comer carne na semana santa!". Faz sentido para você? Para mim não! Primeiro não gosto de peixe, sem falar que PEIXE É CARNE!!!Mas tuuudo bem! Vamos seguir porque isso não faz sentido para mim. Todo ano a Páscoa é na mesma data? Afinal em quantas datas Cristo morreu? Será que ninguém nunca se preocupou em saber a razão desta data ser móvel? 
Na verdade Já houve quem se preocupasse SIM.  A páscoa nasce de uma maneira que a Igreja precisava para unir as datas cristãs com as religiões pagãs para que assim pudesse aos poucos ir domando-as...Assim aproveitaram-se do Equinócio (ao norte, Primavera. Ao sul, Outono), desta forma os Cristãos celebram a festa que os "hereges" celebravam desde tempos incontáveis, mudando o nome.
Onde quero chegar? Que a tradição nos manda fazer algo e nem sequer questionamos. Alguém sabe porque peixe? E por que peixe não é carne? Não ninguém procura se aprofundar. Tive algumas informações, mas deixarei que pesquisem. Temos informação na internet. 
Que mal a vaca fez? E se é para honrar o senhor que morreu, porque não comemos na DATA de sua morte? Você já comeu carne na verdadeira semana santa. Até porque você não sabe quando foi. Datas eleitas por homens que desejavam manipular e comandar massas. É assim que vejo. Solstício de Inverno (no norte e Verão no Sul), sabem quando é? Darei a Dica 25 de dezembro.
Uau! Faz tempo que sei disso, mas faz tempo que não paro para pensar nisso, pensar em como já fomos manipulados, como fazemos o que querem e nem ao menos questionamos porque um homem chamou de Dogma e que não devemos questionar. Deus não nos deu livre arbítrio? E para que foi? Para fazermos o que os outros nos mandam? Sabe porque é mais fácil? Por imaginarmos que ao morrer nos safaremos de um inferno (para os que acreditam) dizendo : "Mas eu fui a Igreja, me confessei, fiz o que o Padre mandou!" 
Nossos atos nos definiram, nossos atos serão responsáveis para onde iremos. Não interessa a Deus se o PAPA mandou, se você queimou uma pessoa viva, é INFERNO. Você podia ver que era errado e evitar, mas ao invés disso, decidiu fazer o que mandavam, achando que ia se livrar por dizer que um homem mandou fazer.


Por fim, temos que parar e pensar que tradições seguimos, porque as seguimos, se vale a pena realmente seguir aquela tradição.
Acho que um homem que come carne toda a vida e é bondoso e ajuda o próximo, é pacífico e correto, vai ao céus enquanto um homem que seguiu todas as datas da Igreja e foi todo Domingo a Igreja, mas era mesquinho, pequeno e tentava derrubar o próximo, passar por cima de quem quer que esteja a sua frente para alcançar seus objetivos vai direto para o Inferno (quem acredita) ou vai ter que voltar mais umas 1000 vezes para se livrar do seu Karma.

Aqui é Elrond Bruno refletindo e dizendo NEM A PAU COMO PEIXE NA SEMANA SANTA!

Um comentário:

Anônimo disse...

Super concordo! Não sei porque nessa época o povo das churrascarias não oferecem descontos legais, sabia? O spettus ia bombar! Só não trocaria o k-baby de jerimum da semana santa. Esse é sagrado!!! =D