segunda-feira, 2 de abril de 2012

Intolerância, um mal desnecessário!

Contrariando o habito farei dois posts seguidos com temas interligados entre si. O primeiro é este, um post que nos leva a tantos temas que nem imaginamos. Esse post seria muito bem vindo depois ou antes do da Homofobia. Esse post seria muito bem vindo próximo a um que falasse em "Guerras Santas". 
Como de costume não pretendo exaurir os assuntos nessas linhas tão insuficientes para temas tão maiores. Minha intenção é provocar. Provocar o leito a refletir, não apenas sobre seus atos, mas perceber o mundo que nos cerca. 



Creio na existência que alguns grandes males na humanidade, disparado o primeiro deles é a intolerância. Li um texto que me entregaram no semáforo neste domingo. Era o pessoal da Campanha do Quilo, pessoas de centros espíritas que ficam em semáforos nos Fins de semana arrecadando dinheiro para dar comida aos pobres. Bom mas não é para falar da Campanha do Quilo que estou aqui, na oração, psicografa por Chico Xavier, que me foi entregue uma cópia em determinado trecho dizia mais ou menos assim: "Senhor dai-me Fé, mas não permita que essa se torne me intolerância.".
O quão ruim pode ser a intolerância? Perguntem aos livros de história. Leiam sobre a "Santa Inquisição". Leiam mais, leiam como surgem revoltas. Assistam televisão, vejam o que a intolerância faz com os seres humanos em Jerusalém. Veja quantas guerras foram travadas só por causa da intolerância. Vejam quantas Guerras travadas em nossas ruas só pela intolerância.
É um conjunto interessante que costuma andar junto: Intolerância, Arrogância, Soberba, Inveja, Inferiorização, Burrice. O que eu quero dizer com isso? Na verdade não é que esses elementos andem juntos, se tirarmos o nome intolerância ali em cima, o que sobrou é a fórmula criadora da mesma. Por que os americanos são intolerantes? Porque acham que o mundo é deles e que todos devem lamber seus S*#&¨$. Ou seja, Soberba + Burrice + Inferiorizar os outros. Onde está a inveja nisso? As guerras surgem dela. É uma mescla de um sentimento de posse com inveja que o outro não pode ter algo que eu não tenha.
Esses sentimentos serão encontrados nos racistas, nos homofóbicos, façam as listas e percebam. A intolerância só nos levará a um lugar, extinção. 
É irracional um ser humano atacar o outro. Voltamos à barbárie, olho por olho, dente por dente. Nem isso, pois os que sofrem agressões muitas vezes não deram causa a isso, não tiveram nenhuma atitude para que desencadeasse qualquer agressão. E mesmo que tivesse tido o ser humano não é um animal, deve resolver as coisas sempre que possível na diplomacia. 
Por que eu digo que é burrice? Me dê uma explicação lógica para quem agride um casal homossexual na rua. Tem dois homens ou duas Mulheres andando de mãos dadas na rua, chegaram uns playboyzinhos filhinhos de papai e quase matam os coitados de porrada. Qual a razão? Sabia que já espancaram um pai e um filho? Os dois estavam de mãos dadas e pensaram que eram um casal homossexual. Espancaram os dois. Seria menos ruim se fossem mesmo gays?
A Igreja Católica  queimou aqueles que chamaram de Bruxos e Bruxas séculos atrás. Qual a razão? Me mostre lógica na intolerância religiosa. Sabe o que é pior é ver que as igrejas tipo "Universal" caminham sob esse tipo de pensamento intolerante e retrogrado, cultivando o ódio em razão do amor.
Você é ateu, massa, se você acredita na lógica, me explique, qual é o sentido de seres racionais da mesma espécie se violentarem, se depreciarem.
Não existe lógica que justifique a intolerância, apenas a lógica burra e insustentável pelos seus próprios argumentos.
Enquanto ainda formos intolerantes e não compreendermos que na realidade somos todos um só povo, não somos Americanos, ou Africanos, Europeus, Asiáticos....Não...Somos Seres Humanos, somos um só povo e uma só espécie que deve se compreender e construir para um futuro melhor comum a todos.

Aqui é Elrond Bruno dizendo que esse foi apenas um dos males que eu enxerguei!


6 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom tema, Oráculo!
Sabia que tem até uma Declaração de Princípios sobre a tolerância, firmado desde 95 pelas nações unidas? Eu não sabia não!!! Fui ler agora textos sobre o assunto e me chamou atenção a definição de tolerância descrita no art. 1º, que diz: “a tolerância é o respeito, a aceitação e a apreço da riqueza e da diversidade das culturas de nosso mundo, de nossos modos de expressão e de nossas maneiras de exprimir nossa qualidade de seres humanos. É fomentada pelo conhecimento, a abertura de espírito, a comunicação e a liberdade de pensamento, de consciência e de crença. A tolerância é a harmonia na diferença. Não só é um dever de ordem ética; é igualmente uma necessidade política e jurídica. A tolerância é uma virtude que torna a paz possível e contribui para substituir uma cultura de guerra por uma cultura de paz.”

Traduziu muito bem pra mim... é reconhecer que todos nós somos seres imperfeitos, erramos e não somos superiores do que o outro. Bem que o MEC poderia introduzir como disciplina obrigatória assuntos do tipo: multiculturalidade como condição de vida na sociedade atual!

Difícil é fazer com que os evangélicos aceitem alguns desses conceitos. Alguns dizeres da bíblia, cegam as pessoas. Como contestar um livro que é tido como sagrado?

Elrond_Bruno disse...

Sem contesta-lo! Usando-o! Milhares de passagens pregam a tolerância!

Anônimo disse...

WIKIPÉDIA:

Existem três passagens da Bíblia que fazem referência a atos homossexuais. As duas primeiras no Velho Testamento, no contexto da purificação preconizada pela Lei Mosaica, a Torá. A terceira passagem se situa no Novo Testamento quando o apóstolo Paulo descreve os rituais orgiásticos idólatras dos gentios romanos:

Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é toevah (também no grego bdelygma, ambos significam "impureza" ou "ofensa ritual").— Levítico 18:22

Se um homem dormir com outro homem, como se fosse mulher, ambos cometerão "toevah"."— Levítico 20:13

...visto que, conhecendo a Deus, não lhe renderam nem a glória… pelo contrário… tornaram-se estultos… trocaram a glória do Deus incorruptível por imagens que representam o Deus corruptível, pássaros, quadrúpedes, répteis… por este motivo, Deus os entregou a paixões infames: as suas mulheres mudaram o uso physiken (natural, usual comum) em outro uso que é para physin (não natural, fora do comum, inusitado). Do mesmo modo também os homens, deixando o uso physiken da mulher, abrasaram-se em desejos, praticando uns com os outros o que é indecoroso e recebendo em si mesmos a paga que era devida ao seu desregramento"
— Apóstolo São Paulo Carta aos Romanos 1:18-32

Além destas há uma passagem na Primeira Epístola aos Coríntios que gera controvérsias entre os religiosos e teólogos:

Não errais: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem malakoi, nem arsenokoitai… herdarão os reino de Deus"
— I Coríntios 6:9-10

Elrond_Bruno disse...

WIKIPÉDIA:

O Novo Testamento como conhecemos hoje foi estabelecido apenas no século IV d.C. Isso não quer dizer que os pais da igreja não utilizassem manuscritos antigos dos evangelhos e as cartas de paulo para dar base a suas teorias. Apesar de alguns estudiosos apontarem Irineu como o responsável por atribuir a autoria dos quatro evangelhos canônicos, é inegável, que o cristianismo primitivo sempre aceitou tais evangelhos como escritos pelos seus próprios autores tradicionais, visto conhecê-los.[46]. Ao contrário do que ocorreu com os evangelhos apócrifos, os quais foram escritos de forma anônima a parti do século II. Apesar disso, as atribuições de Irineu, sejam elas apenas confirmatórias ou não, são admitidas até os dias de hoje. As cartas de Paulo eram utilizadas entre os primeiros teólogos, assim como as cartas de Clemente I, de Barnabé, Pedro, João e o Pastor de Hermas. Atanásio de Alexandria foi o primeiro a escrever a relação dos 27 livros canônicos do Novo Testamento, excluindo alguns dos documentos que eram utilizados nas igrejas antigas. O Concílio de Hipona aprovou essa relação.

O Antigo Testamento foi adotado a partir de uma tradução para o grego de escrituras hebraicas antigas chamada de Septuaginta. Entre os judeus, a Septuaginta era tida como uma tradução não muito segura.


Tradução é a palavra chave de hoje...traduzir de um para outro...
muito se perde.

"Amai-vos uns aos outros como eu vos amei..."
"Não julguei para não serdes julgados..."
"Eu sou o caminho e a salvação, somente por mim se chega ao pai..."

Que eu saiba isso não é ordem para matar ninguém! Nem para seguir nenhum pastor qualquer!

Elrond_Bruno disse...

Outro ponto interessante nenhum ponto citado foi citado como dito por Jesus que segundo a crença criou a nova aliança...Foi dito sim por homens que diziam falar sua vontade!

Anônimo disse...

É por aí.... é entender que a bíblia não foi escrita pelo filho de Deus e sim por outras pessoas.
Mas não é isso que os pastores dizem nas igrejas. Tu acredita que na igreja da minha tia (batista), eles organizaram um grupo para levar a palavra de Deus as pessoas que ficam todas as sextas e sábados ao lado do shopping Boa Vista? Ou sejam: querem impor uma proibição trazida pela bíblia, guela abaixo na turma gay que fica alí no Boa Vista. Eu já disse: Tia, se vc levar um pau, vai ser bem feito!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Neesas horas é que eu me pergunto, cade o 11º mandamento?
META-SE COM SUA VIDA E DEIXE A DOS OUTROS EM PAZ!