quarta-feira, 24 de julho de 2013

Confrontos no Rio de Janeiro, Uma Indagação!

Assistindo uma reportagem na televisão sobre os ataques ocorridos no Rio de Janeiro, especialmente os ocorridos no Leblon e adjacências, algo me chamou a atenção. O repórter informou que ao chegarem os jovens detidos pelos atos de vandalismo a delegacia, ali já esperavam advogados que estavam de plantão pela OAB...
Pode me condenar pela ignorância, mas EU NUNCA OUVI FALAR DISSO.
Se existem esses, por que tantos pobres coitados passam a noite na cadeia quando podiam estar liberados, como foi o caso dos "coitados" que incendiavam as ruas do Rio?
Outra coisa, Eles já estavam esperando na delegacia, e eram vários, como é isso? Toda delegacia do Rio tem ao menos 6 advogados plantonistas? Que coincidência mais bizarra essa, não é?
"O que eu quero perguntar, a pergunta que me fez ficar 24 hora acordado é:"(V de Vingança) Até onde a OAB/RJ está envolvida na balbúrdia que está ocorrendo na capital fluminense?
A OAB tem com o passar dos anos se tornado um órgão político onde pessoas sem escrúpulos entram para ganhar visibilidade e lançar-se na carreira política, enquanto o nível dos advogados é julgado por provas que cada vez menos procuram um bom advogado... Provas que procuram reprovar para que tenha um bom fluxo de caixa entrando por meio desta fonte. A OAB ao invés de defender a classe dos advogados, cada vez mais se torna um órgão político e menos preocupada com a Classe. Advogados sofrem humilhações, correm risco de vida, recebem pagamentos indignos pelo seu trabalho, tem seus honorários subestimados pelos juízes. 
Enquanto isso a OAB está preocupada em aparecer na mídia como defensora do povo, como? Como defender o povo se não defende sua própria classe.
A OAB está se tornando mais um partido político que um órgão de classe.
Tenho medo de para onde vamos, se órgãos como a OAB estão envolvidos e apoiando um movimento de quebra-quebra, quem mais está envolvido nisso? Até onde vai a podridão?

Aqui é Elrond Bruno como medo de descobrir até onde vai a contaminação dentro deste órgão.

Nenhum comentário: