quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Adeus de um Sonho! Descanse em Paz Eduardo!

Bom dia caro leitor,

Creio que este seja o post mais difícil que já fiz neste blog. Pensei muito se faria ou não, mas não seria justo para com ele se não fizesse. Fiz para tantos que eu considerava que representavam algo, e para ele que representava tanto não falar nada, por mais que seja grande a dor, por mais que a dor seja palpável, ele merece um post.
Eduardo Campos morreu, ontem 13 de agosto de 2014, em um acidente aéreo enquanto fazia campanha para presidente do Brasil.
Tantos falando de sua trajetória política, de sua trajetória como pai. Tantos falando de seus gestos de delicadeza, grandeza. 
Tanto para lembrar, tanta tristeza, revolta. Não queremos aceitar sua perda. Não consigo entender direito ainda o que aconteceu. Como dizem a ficha não caiu.
Ele era uma figura única. Tinha presença, tinha simpatia.
Lembro de festa que ele fazia ao me encontrar. Lembro de como ele se surpreendia ao me ver crescer. Lembro das conversas, das brincadeiras. Lembro de vê-lo sentado num banquinho de madeira safado e se divertindo conversando com os amigos de longa data.
Eu o via em seu ambiente mais confortável onde ele estava relaxado, se divertindo, soltando piadas e feliz por ninguém se importar com cargos ou empregos, naquele momento ele era o homem Eduardo Campos, o Dudu que tantos conheceram.
Dói no peito a saudade de momentos que não se repetiram mais. Dói saber que alguém tão jovem, com tanto futuro, com tantos sonhos. Parou seu sonho de forma tão abrupta.

Não tenho muito mais o que dizer. É tudo muito perto, é tudo muito recente.
Deus ajude a todos a superar essa dor.

Aqui é Bruno Loreto Guedes sem palavras.

 

Nenhum comentário: