quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Novo Capítulo da Novela UBER!

Olá, caro Leitor!
No meu estado, o prefeito, em tempo de reeleição, declarou que irá aumentar a fiscalização e torná-la mais rigorosa no que tange aos carros que funcionam através do aplicativo UBER, por entender que uma lei federal regulamentadora do transporte de passageiros limita e obriga que o mesmo só pode ser feito por táxis.

De cara digo que sou a favor do UBER. Defendo a concorrência, pois após o aparecimento do mesmo os taxistas passaram a tratar melhor seus passageiros e a prestar um serviço menos ruim.

Porém, não apenas em minha cidade, mas nas cidades onde o app já chegou, vejo muita pressão em cima das prefeituras, para autorizar ou perseguir.

O que não vejo é pressão em cima dos PARLAMENTARES para que alterem a referida lei, autorizando assim de forma definitiva em todo território nacional. Petições endereçadas a prefeituras apenas criam soluções precárias, que a qualquer instante podem ser derrubadas judicialmente, pois são contra legem.

Desta maneira, para variar no Brasil, ao invés de lutarmos pelo que queremos para que saia da forma correta, nos revoltamos, arrumamos os culpados errados para culpar, a fim de que fosse posto em prática o jeitinho brasileiro. Um exemplo disso é o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em todo mundo onde foi autorizado, criou-se uma LEI para tal, no Brasil o STF decidiu que podia.

Ninguém percebe a insegurança dos jeitinhos, pois da forma que é feito a qualquer instante pode se perder TUDO.

Para que brigar contra as pessoas certas? Para que questionar o que realmente precisa de questionamento? As pessoas permanecem cegas, brigando contra os inimigos errados, lutando lutas sem sentido, enquanto o verdadeiro adversário aproveita suas glórias e nossa desorganização.

Briguem contra prefeitos, por assuntos que não são de sua competência alterar. Aceitem migalhas, contentem-se com uma situação frágil que pode ser alterada com uma simples mudança de ministros.

Enquanto não observarmos os verdadeiros alvos, continuaremos como cegos em tiroteio, brigando uns com os outros e nada fazendo para melhorar nossa situação.

Aqui é Elrond Bruno clamando: Pense! Pesquise! Lute! Pare de se degladiar com as pessoas erradas e atinja que realmente merece ser atingido.

Nenhum comentário: